10.8.10

Day 6 - A Stranger


Olá! Tudo bem?

Você não me conhece, e talvez nem faria questão se soubesse a pessoa que tenho me tornado com o passar dos anos.
Antigamento costumava ser divertida e poderia assim conversar contigo sobre qualquer assunto a qualquer hora, esbanjando piadas e sorrisos.
Hoje já não posso mais levar essa propaganda enganosa, de ser feliz, moderna e amigável...

Talvez eu possa ainda te ouvir, mas meus conselhos já não serão os fáceis e confortantes. Serão verdadeiros demais para alguém que não o conhece, e quase mais ninguém hoje em dia está preparado para isso.

Você ainda gosta de doces? Eu não.
Você ainda acredita em amor à primeira vista? Eu não.
Você ainda tem um ídolo? Eu não.

Eu acho que de certa forma desaprendi a viver, ou reaprendi da forma errada.
Tornei-me velha e amarga antes do tempo, sofrendo demais por assuntos banais.

Espero que isso valha de exemplo a você para que não siga o mesmo caminho.
Espero que isso sirva de exemplo a mim para tentar voltar a ser o que era.

Se vale uma dica, ouça Ray LaMontagne no trânsito. Pode ajudar!


Um beijo.

Stranger.

3 comentários:

Fagner Pinheiro disse...

Próximo texto já!
;)... Bj, Cami... és linda por todas as perspectivas... saiba!

Camila Guinsani disse...

Fa, obrigada!
Você é uma pessoa muito especial para mim. De verdade!:)

Viviane Biz disse...

uauuuu!
adorei seu blog...
master show! parabens!