26.2.11

Day 7 - Your Ex-boyfriend

Não, eu não estava em greve, eu só não sabia o que dizer.
Hoje eu sei...



Perdoe-me.
Pela última vez feri seus sentimentos, pela última vez te procurei.
Desta vez não foi de propósito, não foi por desdém nem por orgulho, mas te magoei, e isso está me matando por dentro.
Já não bastasse tudo o que passamos...

Às vezes tenho de admitir que sou uma pessoa má, e com você me superei.
Quis que você estivesse sempre "lá", porque ainda restavam sentimentos, contudo fui vivendo o meu "aqui", e o nosso passado foi se tornando passado de verdade.

Sempre que pude, fui até você. A cada volta eu sentia que alguma coisa estava inacabada, mas a cada volta eu também sentia que te magoava mais. Não tem coisa mais triste do que ver sofrer quem a gente ama, principalmente se essa pessoa é tão singular quanto você. Eu consegui tornar descrente a pessoa de coração mais puro que um dia cruzou meu caminho... Eu consegui fazer mais parte da sua vida do que você da minha.

Depois de pouco mais de dois anos do fim percebi que você não era mais meu, chorei mesmo. Saber que eu não consegui fazer dar certo dói, mas saber que eu nunca estava satisfeita junto de quem mais me fez sentir amada, mais me ensinou, mas me fez bem; isso é avassalador.

No fundo a sensação que eu tinha era a de que cedo ou tarde tudo iria dar certo entre nós. Falhei, ponto.

Degradante continuar pensando que um dia realmente estaremos juntos?

Acho que sou a pessoa que mais coisas tem a aprender no mundo, e talvez, quem sabe depois do amadurecimento que tento atingir por tantos anos, a gente se encontre, e eu consiga aceitar sua nova opção, esquecer minha culpa, e que possamos tomar uma coca juntos, rindo sobre os velhos tempos...?

Com todo carinho,

Camila.